top of page
Buscar
  • Foto do escritorInstituto Genéve

TDAH na vida adulta

Durante muito tempo acreditou-se que o TDAH fosse um problema restrito à infância e, quando o paciente chegasse à adolescência, os sintomas desapareceriam. Após muita pesquisa e estudo, contatou-se que não, os sintomas do transtorno acompanham o indivíduo até a vida adulta.

O tripé básico do TDAH, em adultos é o mesmo que em crianças: distração, impulsividade e hiperatividade ou inquietude. Mas além desses, podem-se encontrar muitos outros como:

  • Sensação de baixo rendimento, de não atingir as próprias metas;

  • Adiamento crônico do início de tarefas;

  • Muitos projetos tocados simultaneamente (dificuldade em finalizá-los);

  • Busca freqüente por forte estimulação



Os prejuízos decorrentes de todos esses sintomas resultam em consequências no funcionamento de todas as áreas da vida humana: pessoal, acadêmico, social e profissional.

Ter um diagnóstico rápido significa colocar a vida inteira dentro de uma perspectiva correta e trazer compreensão para dificuldades sentidas desde sempre. A autoestima é modificada, pois percepções negativas de si mesmo – “preguiçoso, lerdo, desastrado, avoado, maluco” – não são mais justificadas.


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Relações Pais x Filhos

Filhos, já pensaram em tornar seus pais “desnecessários” para vocês e se tornarem desnecessários para eles também? Ser adulto saudável é ser bem resolvido em 2 pilares básicos: emocionalmente e financ

Quais as principais abordagens da Psicologia?

As escolas teóricas que embasam as diferentes linhas de tratamento psicoterapêutico se desenvolveram ao longo de toda a história das ciências psicológicas, cada uma com seus precursores, suas técnicas

Comments


bottom of page